William Costa Lima

É diretor, dramaturgo e produtor da Trupe Teatro de Torneado. Cursou a formação do ator da Escola Livre de Teatro de Santo André, onde também cursou os núcleos de Dramaturgia, Direção e Pedagogia Teatral. É formado em Pedagogia pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). Foi responsável pela dramaturgia e direção dos espetáculos “Menina de Louça” (2006), “Primavera” (2008), “Dias de Campo Belo” (2009), “O Girador” (2012), “Peter em Fúria” (2014), “Celofane” (2015), “Palpitação” (2016) e “Do Ensaio para o Baile” (2017). Como diretor e dramaturgo foi premiado em diversos festivais e também venceu o concurso nacional de roteiros Filma Brasil 2013 com o filme “O silêncio não está morto, querida vó Helena”. Teve a sua dramaturgia “Peter em Fúria” publicada em livro pela editora Giostri em 2015. Desde 2002 desenvolve trabalhos como arte-educador na área de teatro e arte-educação tendo ministrado e coordenado aulas em importantes projetos como Juventudes (SESC) e Oficinas culturais do Estado de São Paulo. Atualmente é co-criador do Sítio Cultural Alsácia, localizado em Ribeirão Pires, criador e coordenador pedagógico da Escola Atemporal de Artes e participa dos processo de montagem dos espetáculos “Incandescente” e “Acassiopeia – Uma Ode a Ivete Sangalo”.

Aguida Aguiar

É artista da Trupe Teatro de Torneado e cursa Pedagogia pela Universidade Federal de São Paulo. Está na Trupe desde 2010. Em 2011, assumiu a direção de arte e a assistência de produção do repertório dos espetáculos do Pequeno Teatro de Torneado: Primavera, Menina de Louça, Dias de Campo Belo, Refugo, O Girador e Peter em Fúria. Participou da série de debates “A criança na sociedade contemporânea, realizada pela República Ativa de Teatro.  No teatro, atuou em “Refugo”, "Síntese - Gota D'água” e “Clara cor de um silêncio azul”. Participou dos processos de criação dos espetáculos “Peter em Fúria”, “Celofane”, “Palpitação” e “Do Ensaio para o Baile” e integrou os elencos dos espetáculos “Refugo”, “Peter em Fúria”, “Celofane” e “Do Ensaio para o Baile”. Atualmente participa dos processos de criação do espetáculos “Incandescente” e “Acassiopeia – Uma Ode a Ivete Sangalo”.   

Thaís Moura

É artista e produtora da Trupe Teatro de Torneado e publicitária pela Universidade Anhanguera. Iniciou-se na carreira teatral em 2009, no grupo de teatro Cia. Cenas Obscenas de Guarulhos, onde apresentou “American Life”, “O Fim” e “Três Tangos”. Participou do E.T.C. (Encontro de Teatro da Cidade de Guarulhos), com o espetáculo "Era Vontade de Cantar, Desejo de Amar ou Canção pra se Matar". Em seguida, passou a integrar o Pequeno Teatro de Torneado como assistente de produção dos espetáculos “Refugo”, “Dias de Campo Belo” e “O Girador”. Durante a mostra de repertório do Pequeno Teatro de Torneado, trabalhou como assistente de produção dos espetáculos da Trupe, além de ter atuado na remontagem de “Refugo” e “ Síntese – Gota D’Água”. Participou dos processos de criação e integrou os elencos dos espetáculo “Peter em Fúria”, “Celofane” e “Do Ensaio para o Baile”. Sua linha de pesquisa nas Artes Integradas versa sobre a construção de personagens a partir de escolas clássicas e da saúde corporal (massoterapia, shiatsu e reiki). Atualmente, participa dos processo de montagem dos espetáculos “Incandescente” e “Acassiopeia – Uma Ode a Ivete Sangalo”.

Thiago Andrade

É artista da Trupe Teatro de Torneado, aprendiz da Escola Atemporal de Artes e cursa Licenciatura em Letras no Instituto Federal de São Paulo (IFESP). Iniciou sua carreira artística em março de 2010, integrando as Oficinas Permanentes do Pequeno Teatro de Torneado. Para o coletivo, fez assistência de produção nas temporadas dos espetáculos “Dias de Campo Belo”, “O Girador” e "Primavera". Cursou a oficina “Projeto O Real Imaginário: O universo infantil de Maria Clara Machado” que resultou no exercício cênico “Clara Cor de Um Silêncio Azul” ministrada por William Costa Lima no SESC Bom Retiro. Além disso, participa do núcleo pedagógico do grupo, como assistente pedagógico. Participou como assistente de direção do projeto “Juventudxs”, ministrado por William Costa Lima no SESC Itaquera. Participou dos processos de criação e integrou os elencos dos espetáculos “Peter em Fúria”, “Celofane” e “Do Ensaio para o Baile”. Atualmente, participa dos processo de montagem dos espetáculos “Incandescente” e “Acassiopeia – Uma Ode a Ivete Sangalo”.

Marina Yohara

É artista e iluminadora da Trupe Teatro de Torneado e cursa Pedagogia no Instituto Singularidades. Possui formação em Teatro e Dança no Centro Livre de Artes Cênicas (CLAC). Em 2011 participou do elenco do espetáculo "Ubu-Rei" no Festival Nacional de Teatro de Presidente Prudente. Participou da Oficina de Criação Teatral na ETEC Itaquera, ministrada por William Costa Lima (2010/2011). Passou a integrar a Trupe Pequeno Teatro de Torneado no ano 2012, onde fez a contrarregragem dos espetáculos “O Girador” e “Dias de Campo Belo” fazendo neste a sonoplastia. Em 2015 participou como intérprete no espetáculo de dança “H-O-H” e de teatro “Sombras de Uma Escola Pânica”. No teatro, atuou em “Refugo”, "Síntese - Gota D'água” e “Clara Cor de um Silêncio Azul”. Estudou no Núcleo de Formação Técnica em Iluminação Artística no Teatro Maria José de Carvalho.Participou do processo de criação dos espetáculo “Celofane” e “Do Ensaio para o Baile”, integrou os elencos dos espetáculos “Peter em Fúria”, “Celofane” e “Do Ensaio para o Baile” e operou a iluminação do espetáculo “Palpitação”. Atualmente, participa dos processo de criação dos espetáculos “Incandescente” e “Acassiopeia – Uma Ode a Ivete Sangalo”.

Marc Strasser

É artista e produtor da Trupe Teatro de Torneado. Possui Bacharelado em Farmácia, Mestrado e Doutorado em Ciências da Saúde pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP). Ingressou a Trupe Torneado em fevereiro de 2014 nos processos “O Patriarcado” e “...Apesar De...”. Foi assistente de produção nos espetáculos “Peter em Fúria”, “Dias de Campo Belo” e “O Girador”. Em outubro de 2014, passou a integrar o elenco de atores e músicos do espetáculo “Peter em Fúria”. Como ator, fez diversos cursos em diferentes linguagens, sendo os mais atuais com Yumiko Yoshioka, Miguel Camarero, Ana Medeiros e Hiroshi Nishiyama (Butoh). Possui prática em violino, rabeca, flauta doce e clarinete. Participou do processo de criação dos espetáculos “Celofane”, “Palpitação” e “Do Ensaio para o Baile”. E integrou os elencos dos espetáculos “Peter em Fúria” e “Do Ensaio para o Baile”.Sua linha de pesquisa nas Artes Integradas versa para os estudos das corporeidades a partir de linguagens artísticas (Butoh, Commedia Dell’Arte, Palhaçaria e Ginástica Rítmica) e de linguagens terapêuticas (Tai Chi Chuan e Yoga). Atualmente, participa dos processos de criação do espetáculos “Incandescente” e “Acassiopeia – Uma Ode a Ivete Sangalo”.

  

Mariana Acioli

É artista e figurinista da Trupe Teatro de Torneado e pedagoga pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). Possui formação em corte e costura e modelagem, aprimorando a busca estética na construção de figurinos e roupas. Começa a trabalhar com figurinos em 2009. Assina figurinos desde 2010, sendo seis autorais: Núcleo Pombas Urbanas,  Pequeno Teatro de Torneado, Instituto Arapoty, Grupo Manuí, Associação do Morro do Querosene e Marcia Moirah e Antônio Carrasqueira. O trabalho de atuação no teatro profissional se inicia em 2011 com a montagem “Peabiru, o Caminho Suave” dirigida por Caco Pontes. Então em 2013 se engaja na montagem de “Antígona – a Morte do Querer” dirigida por William Costa Lima, na Faculdade de Educação da USP, cumprindo curta temporada no teatro da Escola de Aplicação da USP. Dirigiu o exercício cênico “Édipo-Rei” na Faculdade de Educação da USP. Em 2014 ingressa no Pequeno Teatro de Torneado, no espetáculo “Peter em Fúria”. Trabalhou como educadora na escola Arraial das Cores, lecionando no 1ºano do fundamental e conduzindo as aulas de Teatro na escola. Participou dos processos dos espetáculo “Peter em Fúria”, “Celofane” e “Do Ensaio para o Baile” e integrou o elenco dos espetáculo “Peter em Fúria”, “Celofane” e “Do Ensaio para o Baile”. Atualmente, participa dos processo de montagem dos espetáculos “Incandescente” e “Acassiopeia – Uma Ode a Ivete Sangalo”.

Suzi Jardim

É artista e musicista da Trupe Teatro de Torneado e possui formação em Teatro e Dança pelo Centro Livre de Artes Cênicas (CLAC). Trabalha como auxiliar de Educação Infantil pela prefeitura de São Bernardo do Campo. Possui experiência em diversas atividades na área de videoclipes como atriz, assistente de produção e maquiadora e na área de música e produção musical. No teatro, participou do processo de criação do espetáculo “Do Ensaio para o Baile” e integrou os elencos dos espetáculos “Peter em Fúria”, “Celofane” e “Do Ensaio para o Baile”. Atualmente, participa dos processo de montagem dos espetáculos “Incandescente” e “Acassiopeia – Uma Ode a Ivete Sangalo”.

MAYARA SOBRAL

É artista da Trupe Teatro de Torneado e Historiadora pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo com estudos focados em Educação e Juventude. Iniciou na carreira teatral em 2009, participando de Oficinas de Iniciação Teatral. Aos 16 anos, com seu primeiro trabalho colaborou para elaboração de oficinas de histórias infantis na E.E. DIADEMA em Diadema/SP. Participou das oficinas experimentais para Jovens Palhaços na Escola Doutores da Alegria e da Oficina Permanente do Pequeno Teatro de Torneado, que resultou no exercício cênico “...Apesar de...”. Participou do processo de criação do espetáculo “Do Ensaio para o Baile” e integrou os elencos dos espetáculos “Peter em Fúria” e “Do Ensaio para o Baile”. Sua linha de pesquisa nas Artes Integradas versa sobre os diversos tipos de comicidade, tendo realizado o primeiro módulo da Escola de Palhaças, do Teatro da Mafalda, em 2019. Atualmente está em processo criativo dos espetáculos “Incandescente” e “Acassiopeia – Uma Ode a Ivete Sangalo”.

JEFFERSON SILVA

É artista e iluminador da Trupe Teatro de Torneado, cursa Administração na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, pesquisando sobre métodos e ferramentas administrativas e financeiras nas produções de projetos artísticos e culturais. Também é aprendiz da Escola Atemporal de Artes. De 2004 a 2008 fez diversas atividades de danças (contemporânea, salão, balé e capoeira) e de 2008 a 2010 dedicou-se a danças urbanas. É assistente de produção e assistente financeiro em diversos projetos de audiovisual, como “Incompatível” (Gullane Entretenimento/ 2019), “Hard” (Gullane Entretenimento e HBO/ 2019), “Onde Está meu Coração” (Gullane Entretenimento e Globo/ 2019), “Por Trás da Pele” 2019, “Erlon Chaves: o Maestro do Veneno!” 2018 e  “Acqua Movie” (Chá Cinematográfico). Fez operação de luz para o grupo Arte Ciência no Palco, no espetáculo “Insubmissas” 2016. Também executou diárias de técnico de luz no Espaço Parlapatões e no Instituto Cultural Capobianco – Teatro da Memória. Com Nezito Reis, Décio Filho e Toninho fez um curso experimental no ano de 2014 no Teatro do Incêndio. Em 2015 na SP Escola de Teatro cursou experimentação e estética da luz, com Guilherme Bonfanti, Chico Turbiani e Grissel Piguillem. Fez parte do processo de criação e integrou o elenco do espetáculo Do Ensaio para o Baile, realizou a operação de luz dos espetáculos Peter em Fúria e Celofane. Atualmente participa da criação do espetáculo “Cultuar”, da Escola Atemporal de Artes e dos espetáculos “Incandescente” e “Acassiopeia – Uma Ode a Ivete Sangalo”. 

Luiza grillo

É artista da Trupe Teatro de Torneado e pedagoga pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP). Possui especialização em Arte-educação pelo Instituto Singularidades. Fez cursos de violão por seis anos; artes plásticas por cinco anos; dança clássica, moderna e contemporânea por treze anos; sete anos de circo (aéreos e acrobacia), tendo DRT de artista circense. Co-dirigiu, coreografou e atuou no Exercício Cênico da Faculdade de Educação da USP “Antígona: a Morte do Querer” em 2013 e dirigiu e produziu o exercício cênico “Édipo-Rei” da mesma em 2015. Além disso, possui certificado avançado de inglês e italiano e teve entre outras experiências de trabalho, cinco anos no Acampamento República Lago como monitora, um ano no Pró-Saber que trabalha com alfabetização de crianças da Paraisópolis. Trabalha como professora de Educação Infantil na Escola Estilo de Aprender. Participou do processo de criação do espetáculo “Do Ensaio para o Baile” e integrou os elencos dos espetáculos “Celofane” e  “Do Ensaio para o Baile”. Atualmente,participa dos processos de criação do espetáculos “Incandescente” e “Acassiopeia – Uma Ode a Ivete Sangalo”.

Maira sera

É artista da Trupe Teatro de Torneado, possui Licenciatura em Artes Cênica pela Faculdade Paulista de Artes (FPA) e possui pós-graduação em Arteterapia pelo Instituto de Estudos Junguianos. Iniciou seus estudos na carreira artística em 1997 no Curso de Formação de Atores DAC ligado à Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Em 1998 cursou a Formação de Atores CIC (Centro Interativo e Cultural) em Florianópolis. Em 1999 cursou o Curso de Formação de Atores SENAC, onde atuou no espetáculo “Viver em Família”. Em 2000/2001 retornou à formação do Curso de Formação de Atores DAC ligado à UFSC. Formou-se no Curso Profissionalizante do Teatro Escola Macunaíma, realizou trabalhos profissionalizantes no CEU Aricanduva. Fundou o grupo Teatro do Altruísmo e atuou na peça “Terreiro de Anjos”. Desempenhou também nesse grupo a função de figurinista. Cursou Escola Livre de Teatro de Santo André. De 2005 a 2009 atuou na área de teatro infantil e juvenil, com a Cia Teretetê. Em 2010 cursou o Projeto Primeiro Corte do “Studio Fátima Toledo”. Em 2012 trabalhou como atriz e criadora em “Intimidade Pública”. Em 2013 cursou “Performance/Site Specific com Carolina Nóbrega”. Ainda nesse ano, no mergulho dos estudos da performance criou o trabalho “Eu ainda estou em mim”. Participou do processo de criação do espetáculo “Do Ensaio para o Baile” e integrou os elencos dos espetáculo “Peter em Fúria” e  “Do Ensaio para o Baile”. Atualmente,participa dos processos de criação do espetáculos “Incandescente” e “Acassiopeia – Uma Ode a Ivete Sangalo”.

Copyright © 2019 Sítio Cultural Alsacia Todos os direitos reservados.